terça-feira, 1 de julho de 2014

guia como ativar o ART do Android L e melhorar a performance do seu smarphone e tablet com Kitkat

Aparentemente funcionou em CM11 também, mas está dando problema com GAPPS.

Atenção! Façam por SUA CONTA E RISCO!

==================================================================================================


Saiba como ativar o ART do Android L e melhorar a performance do seu aparelho
60542.85158-Nexus-5.jpg
 
 
Talvez não tenha sido o que todos esperavam, mas a nova versão do Android  foi muito bem recebida pelos usuários e sites internacionais especializados. O chamado Android Lfunciona como uma prévia para o modelo final da plataforma, que deve chegar oficialmente até o final deste ano, e traz como principais destaques a mudança na interface e melhorias na bateria dos aparelhos.

Uma outra novidade é o ART (Android  Run Time), uma função que aumenta consideravelmente a velocidade de execução de aplicativos instalados no smartphone. Esse recurso entrou em fase de testes no lançamento do Nexus 5, em outubro do ano passado, e vem para substituir o método atual conhecido como Dalvik, presente desde a primeira versão do sistema operacional do Google. Em comparação com o Dalvik, o ART pode ser até duas vezes mais rápido na hora de abrir um app, reduzindo a sensação de travamento na abertura do programa e tornando o software muito mais eficiente.

Com a chegada do Android L, o ART se tornará padrão nos dispositivos equipados com a nova versão do sistema. Mas o que muita gente não sabe é que o recurso já pode ser ativado em quase todos os aparelhos cujo Android 4.4 KitKat está instalado. Isso inclui o Samsung Galaxy S5, Moto X, Moto G, HTC One M8 (não lançado no Brasil), no modelo 2013 do Nexus 7 e no já citado Nexus 5.

Para habilitar o ART no seu smartphone, siga os passos a seguir:
  1. Vá até as "Configurações";
  2. Na seção "Sistema", clique em "Sobre o telefone";
  3. No final da tela haverá a opção "Número da versão". Clique sete vezes seguidas até aparecer uma mensagem indicando que você agora é um desenvolvedor (caso essa opção já esteja ativa, siga para o próximo passo);
  4. Volte para as "Configurações" e em "Sistema" vá em "Opções do desenvolvedor";
  5. Clique em "Selecionar tempo de execução" e escolha "Usar ART".

60532.85144-Android-ART.png

Feito esse processo, será necessário reiniciar o smartphone para que os aplicativos instalados no dispositivo sejam otimizados para o novo método de execução. Isso pode levar alguns minutos, mas quando estiver completo e você começar a utilizar os apps no dia a dia, certamente vai notar um boost significativo na performance da maioria dos serviços.

Atenção: é importante lembrar que, como o ART só se tornará padrão a partir do Android L, alguns programas ainda não são totalmente compatíveis com a ferramenta. Na prática, isso quer dizer que certos aplicativos podem apresentar lentidão porque ainda não foram otimizados para rodar no ART, como é o caso do Pandora e do WhatsApp. Outro dado fundamental é que, apesar de melhorar a velocidade de execução, o ART faz com que os apps ocupem um pouco mais de espaço na memória do aparelho e a instalação inicial dos programas será mais demorada que a atual.

Se você ter problemas com determinados apps e não estiver satisfeito com o ART, basta realizar o processo inverso e voltar para o Dalvik.
 credito arai androidz
Fonte : Canal Tech

Nenhum comentário:

Postar um comentário