domingo, 14 de setembro de 2014

guia Entender e tentar arrumar um pendrive ou sdcard ,microsd falsificado -

se foi vitima desse golpe acesse acesse aqui denuncie


vendedores que tem vendido cartão falso
Cartão Memória Micro Sd 16gb Class 4                   PLANET.VENDAS.
Cartão D Memória Tf Micro Sd Hc 32gb                 PLANET.VENDAS.
Cartão Memória Micro Sd 16gb Class 4                   PLANET.VENDAS.
Cartao Micro Sd 4gb Transflash Celular                 KING NET
Cartão De Memória Micro Sd 8gb                             BOSS COMPUTER
Cartão Sandisk MicroSd 4gb c/ Adapt.                    BOSS COMPUTER
Cartão De Memória Sandisk Microsd Hc 32gb       NVIRTUA
Cartão Sandisk Microsd Hc 32gb                               NVIRTUA
Cartão De Memoria Micro Sd 32gb                           TATUNET_ML
Cartão De Memória Micro Sd 8gb Sandisk              TATUNET_ML
Cartão Micro Sd Hc 16gb + Bluetooth                      KMC.NET
Cartão Micro Sd 8gb Samsung I6220                      KMC.NET
Cartão Micro Sd Hc 32gb + Bluetooth                     KMC.NET
Cartão Micro Sd 16gb Sandisk Microsd                   KMC.NET
Cartão De Memória Micro Sd 4gb                            DIGITAL-FLASH
Cartão samsung  Microsd  32gb                               PLANET.VENDAS.






Joga os arquivos para dentro dele e depois não abrem dizendo que o arquivo está corrompido, aparecem pastas com nomes cheios de caracteres malucos, ou as vezes as pastas estão lá, mas todas vazias, espaço dele no micro mostra certinha a capacidade dele (xGB). Alguns de vocês sabem que nunca um disco vai mostrar exatamente a capacidade real por aquela limitação do fabricante e do sistema operacional (o fabricante conta em bytes e o sistema operacional em GB), com esses sintomas voiládescobri que posso ter adquirido um pendrive falsificado, vou dar spoiler nesse tutorial, quando confirmada a sua falsificação, os procedimentos adotados não vão fazer ele funcionar como ele foi proposto, mas sim com uma capacidade muito menor, isso a título de dar uma dignidade a quem foi enganado, já atendi usuários daqui que chegaram a mover o backup de uma vida inteira e depois não entender porque não veio nada, pessoas que perderam seu TCC por isso, salvaram seus dados em um modelo falsificado, um conselho previsível é que não compre em qualquer lugar, os preços caíram bastante e se compra um de 4GB por menos de 20 reais, valor relativamente acessível e que cabe algumas de suas coisas, ou seja, se ele promete 32GB, ao tentar arrumar ele não vai ficar com 32GB por exemplo.


Entendam meus caros o seguinte de uma vez por todas: pendrive original, BOM quando espeta no computador ele NÃO pede para formatar, e se você faz isso, resolve formatar por livre e espontânea vontade não fala que não dá pra formatarnão esquenta a ponto de pegar na mão e sentir incômodonão corrompe arquivomostra no explorer e na tela de remover hardware com segurança o nome do fabricante (se for uso com windows)detecta como usb e a marca CERTA, não aparece treco usb 2.0, se acabou de adquirir um e já tem esses problemas troque imediatamente E NÃO cogite em tentar arrumar
, pode-se pesquisar na internet preço, vá em lojas físicas e não compre na rua ou em centros alternativos como quiosques ou lugares famosos por terem muitas mercadorias de segunda linha (segunda linha nem genérico seria, é pirata mesmo), com coisas bonitinhas e mais baratas que as originais, por morar em são paulo sempre vejo gente comprando na mão de camelô na famosa rua 25 de março, o cara fala que na loja custa muito caro e na mão dele é barato, então acesse o site do fabricante para ver fotos dos modelos, até quanto ele pode oferecer de capacidade, sejam espertos, tentar receber o dinheiro de volta ou trocar é uma novela, paga-se mais caro as vezes comprando numa loja física ou virtual de sua confiança, mas tendo a nota fiscal de compra é uma garantia importante, tanto com a loja principalmente com o fabricante, muitos dão 5 anos de garantia e mandando ele com a nota você recebe um novo em sua casa caso tenha problemas com ele, 90% de quem compra um pendrive desses é por achar que está levando vantagem, que está fazendo um negócio da china (boa parte deles são de lá mesmo..rs), e sabem que um original é mais caro, depois o castigo vem a cavalo, pois quer usar ele como um original e percebe que não consegue, sites de compras e compras coletivas ainda são um celeiro de falsificações, por isso reforço critério e cuidado ao adquirir pendrives pela internet.

Eu te entendo e não vou lhe julgar mal, não comprou um mas ganhou de presente, a pessoa (parente super bondoso que não "manja") que deu nem lembra (ou nem quer ir voltar...rs) aonde comprou para poder trocar, enfim o que vou fazer? pesquisar na internet é claro, e minhas buscas apontam ainda nos primeiros resultados aqui no fórum do Clube do Hardware e vejo esse tópico comentandohttp://forum.clubedohardware.com.br/solucao-pen-drive/657690 como tentar reviver esse pendrive, tópico excelente feito pelo tareko, que pegou uma tradução de uma solução em inglês do qual vou seguir com vocês, então pegue sua pipoca, seu refrigerante e vamos aprender como dar um jeito no seu pendrive falsificado!!!!!! \o/
Pra ter uma solução eu preciso dum pendrive falso senão não faria sentido você estar lendo isso, acabei comprando um kingston de 8 gb super barato por 10 reais na época (um original custava na casa de 100 reais), então tenho o pendrive e vou seguir o tutorial com vocês:

Imagem Postada
Imagem Postada 

Alguns me perguntaram porque ele está apenas com a plaquinha, o modelo dele era um data traveler 101 da kingston retrátil,ele acabou caindo no chão se escangalhando, elucidando facilmente que seria falsificado, alguns deles a parte plástica tenta disfarçar outro detalhe nítido da falsificação da marca Kingston: a cor do led espetado no micro, os originais a cor dele é sempre VERDE ou AZUL (a linha hyper X tem essa cor). Se o pendrive for dessa marca tiver led vermelho, BINGO= FALSO!!!, pois se for numa eletrônica compare o preço de um led branco para um vermelho, perceberão que o led vermelho é mais barato, e uma coisa falsificada vai priorizar custo, não qualidade, se priorizasse qualidade o sentido de falsificação não se manteria.

Postei esse link em outro tópico, vejam aqui como é feito um pendrive da kingston original.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=g_6mMFmes1s#t=0s 

1º desafio é saber a capacidade real desse pendrive, a falsificação consiste no seguinte: coloque um pendrive de qualidade e capacidade questionável (geralmente costuma ser entre 128 MB a 2GB originalmente esses modelos falsificados, é raro um falso ser maior que isso) e mete um firmware como sendo de outro com capacidade maior, o firmware a grosso modo seria o sistema operacional, o driver interno dele, quando espeta no micro, informações como o nome, sua capacidade (quantos gigas) e sua função (eu sou um hardware pendrive, impressora, joystick por exemplo) são fornecidas e gerenciadas pelo firmware patra comunicação com o sistema operacional se tratando de windows, linux, mac, enfim. Outro exemplo de firmware seria num dvd player, os menus e funções dos botões de comando são feitas por ele quando você as aciona.

Então para essa primeira parte vamos usar o programa H2test, ele vem em duas linguas: alemã e inglesa, abrimos o programa, escolha ENGLISH(nada contra se souber alemão), escolha SELECT TARGET e aponte para a letra do seu pendrive e confirme com OKqualquer pendrive serve, pirata e até original, ele mostra a capacidade dele REAL e mede sua taxa de transferência, se tem dúvida se um disco tem a sua capacidade real, esse é o software que vai confirmar isso!!!!, ele vai te falar se é original ou falsificado.

Imagem Postada

Clique em qualquer um dos botões, WRITE+VERIFY ou VERIFY, a diferença é que o primeiro verifica e grava, o segundo só verifica, eu escolhi verificar apenas, aparece uma tela nova de progresso, só aguardar terminar, dependendo da capacidade prometida pode demorar horas (seja paciente), os falsificados nesse aspecto costumam fazer o micro travar as vezes, nessa fase de testes pode confirmar o aquecimento exagerado que acontece ao tocá-lo.

Imagem Postada

O resultado você pode copiar num bloco de notas ou postar num fórum pra tirar sua dúvida se ele é ou não legítimo, basta clicar em COPY TO CLIPBOARD:

Quando o pendrive/cartão de memória ou hd tem a capacidade real prometida (ou seja ORIGINAL) o log dele costuma seguir esse padrão:

Test finished without errors.
You can now delete the test files *.h2w or verify them again.
Writing speed: 15.4 MByte/s
Reading speed: 30.5 MByte/s
H2testw v1.4

Percebam que a primeira linha diz tudo, sem erros (without errors), original de fábrica, dependendo da mídia testada a velocidade de gravação e leitura podem mudar.

Agora vou postar aqui os resultados do meu ”quinguistão de 8 giga”:

The media is likely to be defective.
405.7 MByte OK (830970 sectors)
7.5 GByte DATA LOST (15907334 sectors)
Details:46.5 KByte overwritten (93 sectors)
0 KByte slightly changed (< 8 bit/sector, 0 sectors)
7.5 GByte corrupted (15907241 sectors)
46.5 KByte aliased memory (93 sectors)
First error at offset: 0x0000000018728200
Expected: 0x0000000018728200
Found: 0x030703071b778307
H2testw version 1.3
Writing speed: 11.4 MByte/s
Reading speed: 17.5 MByte/s
H2testw v1.4

Traduzindo pro que nos interessa e está destacado em vermelho: este pendrive é falsificado pois foi adulterado (informação da primeira linha), de 8 gigas oferecidos 7.5 estão corrompidos ou não existem (informação da 3a e 5a linha), ele possui apenas 405,7 MB (informação da segunda linha),ainda por cima é lento tanto pra gravar quanto pra escrever, (informações writing e reading speed) perceberam que é um mistério saber a real capacidade dele, pois o meu pode ser um de 512MB como pode ser um de 1GB com defeito (bad block), nunca saberemos a real capacidade dele, pois até modelos sucateados são usados para a falsificação, é possível comprar um milheiro de pendrives de 2Gb por menos de 100 dólares made in china com capinha personalizada com seu nome.

50% do problema entendemos e resolvemosNão dá pra mover um giga de arquivos, só tem 405,7 MB que ele reconhece, se transfiro até esse limite nada se corrompe, passou um mega aqueles sintomas como pastas e arquivos com caracteres assim: ¨%$$¨* , e claro não abre de forma legível, vamos continuar o tutorial que fala em achar o real modelo para reparar o pendrive via troca de firmware, vamos ver o resultado do meu com o programa CHIPGENIUS:

Imagem Postada
PnP Device ID: VID = 2008 PID = 2168
Chip Vendor: micov
Chip Part-Number: MXT8208
Imagem Postada

Vejam o site flashboot.ru, conforme já leram basta consultar essas informações (VID e PID) para sabermos que ele pode estar em chips falsificados de 8, 32 ou 64 GB, fala o nome da ferramenta que está nessa página:

Imagem Postada
http://flashboot.ru/Files-file-158.html, download feito, vamos abrir o programa e vai começar a parte mais engraçada, que seria configurar esse programa de forma correta para fazer meu pendrive funcionar direito, algumas pessoas nessa fase já estão com ele travado, não conseguindo formatar pelo windows, dos ou outra ferramenta, geralmente dando erro de que não pode formatar o dispositivo ou o temido erro de protegido contra gravação.

Conheçam o programa ameco tools mx8208, outros chips tem o programa diferente, mas o principio é o mesmo:
Imagem Postada

Imagem Postada
Imagem Postada


O H: ali no slot 1 
é o nosso “quinguistão”, a pouca documentação que se acha a respeito desse programa indica que é só clicar em start all na primeira tela e aguardar, mas perceberam que ele mostra um firmware de um pendrive de 128mb (1a foto do soft), podemos configurar outros parâmetros como mudar o nome do fabricante, o vid, pid, intensidade do led, se ele vai ser bootável, taxa fixa de gravação, criptografia de 256 bits e até u3 para pedir senha, todas essas opções estão na 2a foto do programa, se você clicar em start all, ele ficará aceso e vai acontecer absolutamente nada por horas a fio, há o manual setting com muitos modelos, eu tentei todos até procurei por versões antigas desse software e também NADA!!!!, nem o programa ajuda, pois mostrou 128 MB quem conseguiu recuperar esse modelo me ensine depois como fazer, minha curiosidade agradece, esse programa defasado de 2008, sem atualização, imaginem uma pessoa mais leiga com esse programa, as chances de conseguir resolver são pequenas, existem alguns sortudos que dizem ter conseguido recuperar, mas não dão mais detalhes se funciona originalmente com a capacidade reconhecida pelo h2test, ou o milagre aconteceu e ele trabalha com a capacidade prometida.




Joga os arquivos para dentro dele e depois não abrem dizendo que o arquivo está corrompido, aparecem pastas com nomes cheios de caracteres malucos, ou as vezes as pastas estão lá, mas todas vazias, espaço dele no micro mostra certinha a capacidade dele (xGB). Alguns de vocês sabem que nunca um disco vai mostrar exatamente a capacidade real por aquela limitação do fabricante e do sistema operacional (o fabricante conta em bytes e o sistema operacional em GB), com esses sintomas voiládescobri que posso ter adquirido um pendrive falsificado, vou dar spoiler nesse tutorial, quando confirmada a sua falsificação, os procedimentos adotados não vão fazer ele funcionar como ele foi proposto, mas sim com uma capacidade muito menor, isso a título de dar uma dignidade a quem foi enganado, já atendi usuários daqui que chegaram a mover o backup de uma vida inteira e depois não entender porque não veio nada, pessoas que perderam seu TCC por isso, salvaram seus dados em um modelo falsificado, um conselho previsível é que não compre em qualquer lugar, os preços caíram bastante e se compra um de 4GB por menos de 20 reais, valor relativamente acessível e que cabe algumas de suas coisas, ou seja, se ele promete 32GB, ao tentar arrumar ele não vai ficar com 32GB por exemplo.

Entendam meus caros o seguinte de uma vez por todas: pendrive original, BOM quando espeta no computador ele NÃO pede para formatar, e se você faz isso, resolve formatar por livre e espontânea vontade não fala que não dá pra formatarnão esquenta a ponto de pegar na mão e sentir incômodonão corrompe arquivomostra no explorer e na tela de remover hardware com segurança o nome do fabricante (se for uso com windows)detecta como usb e a marca CERTA, não aparece treco usb 2.0, se acabou de adquirir um e já tem esses problemas troque imediatamente E NÃO cogite em tentar arrumar, pode-se pesquisar na internet preço, vá em lojas físicas e não compre na rua ou em centros alternativos como quiosques ou lugares famosos por terem muitas mercadorias de segunda linha (segunda linha nem genérico seria, é pirata mesmo), com coisas bonitinhas e mais baratas que as originais, por morar em são paulo sempre vejo gente comprando na mão de camelô na famosa rua 25 de março, o cara fala que na loja custa muito caro e na mão dele é barato, então acesse o site do fabricante para ver fotos dos modelos, até quanto ele pode oferecer de capacidade, sejam espertos, tentar receber o dinheiro de volta ou trocar é uma novela, paga-se mais caro as vezes comprando numa loja física ou virtual de sua confiança, mas tendo a nota fiscal de compra é uma garantia importante, tanto com a loja principalmente com o fabricante, muitos dão 5 anos de garantia e mandando ele com a nota você recebe um novo em sua casa caso tenha problemas com ele, 90% de quem compra um pendrive desses é por achar que está levando vantagem, que está fazendo um negócio da china (boa parte deles são de lá mesmo..rs), e sabem que um original é mais caro, depois o castigo vem a cavalo, pois quer usar ele como um original e percebe que não consegue, sites de compras e compras coletivas ainda são um celeiro de falsificações, por isso reforço critério e cuidado ao adquirir pendrives pela internet.

Eu te entendo e não vou lhe julgar mal, não comprou um mas ganhou de presente, a pessoa (parente super bondoso que não "manja") que deu nem lembra (ou nem quer ir voltar...rs) aonde comprou para poder trocar, enfim o que vou fazer? pesquisar na internet é claro, e minhas buscas apontam ainda nos primeiros resultados aqui no fórum do Clube do Hardware e vejo esse tópico comentandohttp://forum.clubedohardware.com.br/solucao-pen-drive/657690 como tentar reviver esse pendrive, tópico excelente feito pelo tareko, que pegou uma tradução de uma solução em inglês do qual vou seguir com vocês, então pegue sua pipoca, seu refrigerante e vamos aprender como dar um jeito no seu pendrive falsificado!!!!!! \o/
Pra ter uma solução eu preciso dum pendrive falso senão não faria sentido você estar lendo isso, acabei comprando um kingston de 8 gb super barato por 10 reais na época (um original custava na casa de 100 reais), então tenho o pendrive e vou seguir o tutorial com vocês:

Imagem Postada
Imagem Postada 

Alguns me perguntaram porque ele está apenas com a plaquinha, o modelo dele era um data traveler 101 da kingston retrátil,ele acabou caindo no chão se escangalhando, elucidando facilmente que seria falsificado, alguns deles a parte plástica tenta disfarçar outro detalhe nítido da falsificação da marca Kingston: a cor do led espetado no micro, os originais a cor dele é sempre VERDE ou AZUL (a linha hyper X tem essa cor). Se o pendrive for dessa marca tiver led vermelho, BINGO= FALSO!!!, pois se for numa eletrônica compare o preço de um led branco para um vermelho, perceberão que o led vermelho é mais barato, e uma coisa falsificada vai priorizar custo, não qualidade, se priorizasse qualidade o sentido de falsificação não se manteria.

Postei esse link em outro tópico, vejam aqui como é feito um pendrive da kingston original.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=g_6mMFmes1s#t=0s 

1º desafio é saber a capacidade real desse pendrive, a falsificação consiste no seguinte: coloque um pendrive de qualidade e capacidade questionável (geralmente costuma ser entre 128 MB a 2GB originalmente esses modelos falsificados, é raro um falso ser maior que isso) e mete um firmware como sendo de outro com capacidade maior, o firmware a grosso modo seria o sistema operacional, o driver interno dele, quando espeta no micro, informações como o nome, sua capacidade (quantos gigas) e sua função (eu sou um hardware pendrive, impressora, joystick por exemplo) são fornecidas e gerenciadas pelo firmware patra comunicação com o sistema operacional se tratando de windows, linux, mac, enfim. Outro exemplo de firmware seria num dvd player, os menus e funções dos botões de comando são feitas por ele quando você as aciona.

Então para essa primeira parte vamos usar o programa H2test, ele vem em duas linguas: alemã e inglesa, abrimos o programa, escolha ENGLISH(nada contra se souber alemão), escolha SELECT TARGET e aponte para a letra do seu pendrive e confirme com OKqualquer pendrive serve, pirata e até original, ele mostra a capacidade dele REAL e mede sua taxa de transferência, se tem dúvida se um disco tem a sua capacidade real, esse é o software que vai confirmar isso!!!!, ele vai te falar se é original ou falsificado.

Imagem Postada

Clique em qualquer um dos botões, WRITE+VERIFY ou VERIFY, a diferença é que o primeiro verifica e grava, o segundo só verifica, eu escolhi verificar apenas, aparece uma tela nova de progresso, só aguardar terminar, dependendo da capacidade prometida pode demorar horas (seja paciente), os falsificados nesse aspecto costumam fazer o micro travar as vezes, nessa fase de testes pode confirmar o aquecimento exagerado que acontece ao tocá-lo.

Imagem Postada

O resultado você pode copiar num bloco de notas ou postar num fórum pra tirar sua dúvida se ele é ou não legítimo, basta clicar em COPY TO CLIPBOARD:

Quando o pendrive/cartão de memória ou hd tem a capacidade real prometida (ou seja ORIGINAL) o log dele costuma seguir esse padrão:

Test finished without errors.
You can now delete the test files *.h2w or verify them again.
Writing speed: 15.4 MByte/s
Reading speed: 30.5 MByte/s
H2testw v1.4

Percebam que a primeira linha diz tudo, sem erros (without errors), original de fábrica, dependendo da mídia testada a velocidade de gravação e leitura podem mudar.

Agora vou postar aqui os resultados do meu ”quinguistão de 8 giga”:

The media is likely to be defective.
405.7 MByte OK (830970 sectors)
7.5 GByte DATA LOST (15907334 sectors)
Details:46.5 KByte overwritten (93 sectors)
0 KByte slightly changed (< 8 bit/sector, 0 sectors)
7.5 GByte corrupted (15907241 sectors)
46.5 KByte aliased memory (93 sectors)
First error at offset: 0x0000000018728200
Expected: 0x0000000018728200
Found: 0x030703071b778307
H2testw version 1.3
Writing speed: 11.4 MByte/s
Reading speed: 17.5 MByte/s
H2testw v1.4

Traduzindo pro que nos interessa e está destacado em vermelho: este pendrive é falsificado pois foi adulterado (informação da primeira linha), de 8 gigas oferecidos 7.5 estão corrompidos ou não existem (informação da 3a e 5a linha), ele possui apenas 405,7 MB (informação da segunda linha),ainda por cima é lento tanto pra gravar quanto pra escrever, (informações writing e reading speed) perceberam que é um mistério saber a real capacidade dele, pois o meu pode ser um de 512MB como pode ser um de 1GB com defeito (bad block), nunca saberemos a real capacidade dele, pois até modelos sucateados são usados para a falsificação, é possível comprar um milheiro de pendrives de 2Gb por menos de 100 dólares made in china com capinha personalizada com seu nome.

50% do problema entendemos e resolvemosNão dá pra mover um giga de arquivos, só tem 405,7 MB que ele reconhece, se transfiro até esse limite nada se corrompe, passou um mega aqueles sintomas como pastas e arquivos com caracteres assim: ¨%$$¨* , e claro não abre de forma legível, vamos continuar o tutorial que fala em achar o real modelo para reparar o pendrive via troca de firmware, vamos ver o resultado do meu com o programa CHIPGENIUS:

Imagem Postada
PnP Device ID: VID = 2008 PID = 2168
Chip Vendor: micov
Chip Part-Number: MXT8208
Imagem Postada

Vejam o site flashboot.ru, conforme já leram basta consultar essas informações (VID e PID) para sabermos que ele pode estar em chips falsificados de 8, 32 ou 64 GB, fala o nome da ferramenta que está nessa página:

Imagem Postada
http://flashboot.ru/Files-file-158.html, download feito, vamos abrir o programa e vai começar a parte mais engraçada, que seria configurar esse programa de forma correta para fazer meu pendrive funcionar direito, algumas pessoas nessa fase já estão com ele travado, não conseguindo formatar pelo windows, dos ou outra ferramenta, geralmente dando erro de que não pode formatar o dispositivo ou o temido erro de protegido contra gravação.

Conheçam o programa ameco tools mx8208, outros chips tem o programa diferente, mas o principio é o mesmo:
Imagem Postada

Imagem Postada
Imagem Postada


O H: ali no slot 1 
é o nosso “quinguistão”, a pouca documentação que se acha a respeito desse programa indica que é só clicar em start all na primeira tela e aguardar, mas perceberam que ele mostra um firmware de um pendrive de 128mb (1a foto do soft), podemos configurar outros parâmetros como mudar o nome do fabricante, o vid, pid, intensidade do led, se ele vai ser bootável, taxa fixa de gravação, criptografia de 256 bits e até u3 para pedir senha, todas essas opções estão na 2a foto do programa, se você clicar em start all, ele ficará aceso e vai acontecer absolutamente nada por horas a fio, há o manual setting com muitos modelos, eu tentei todos até procurei por versões antigas desse software e também NADA!!!!, nem o programa ajuda, pois mostrou 128 MB quem conseguiu recuperar esse modelo me ensine depois como fazer, minha curiosidade agradece, esse programa defasado de 2008, sem atualização, imaginem uma pessoa mais leiga com esse programa, as chances de conseguir resolver são pequenas, existem alguns sortudos que dizem ter conseguido recuperar, mas não dão mais detalhes se funciona originalmente com a capacidade reconhecida pelo h2test, ou o milagre aconteceu e ele trabalha com a capacidade prometida.


credito 

marcmira clubedohardware

Nenhum comentário:

Postar um comentário